Book Review: Pax (Sara Pennypacker)

Mais do que um livro de fantasia: Uma discussão sobre amor e lealdade.

Eu sou fã incondicional do gênero fantasia.  Melhor ainda é quando o livro desse gênero aborda animais. Por isso, quando lançou Pax, fiquei louca para ler. A sinopse me atraiu e a capa colaborou muito, pois é maravilhosa!

the29chapters-bookreview-pax-SaraPennypacker

Clique aqui e Adquira na Amazon!

Dica: Aqui no site tem até um especial indicando 7 livros de fantasia se você também for fã do gênero.

Trama

Peter e Pax são inseparáveis. Até que o pai de Peter é convocado para servir na guerra. Com isto,  o menino é obrigado a devolver a raposa para a natureza quando vai morar na casa do avô. Porém, ele logo se arrepende de ter deixado amigo para trás e decide voltar para buscá-lo.

the29chapters-bookreview-pax-SaraPennypacker

Clique aqui e Adquira na Amazon!

Enquanto isso, Pax tenta entender porque Peter o deixou. E decide viajar de volta para casa tentando reencontrar Peter. Só que quase quinhentos quilômetros os separam. Contudo, quando existe amor, nenhuma distância é longa demais.

Personagens

Peter é uma criança solitária, que ama sua raposa sem limites. Mas também é muito sensível. Tem uma humanidade tocante. E está vivendo uma fase de transição da infância para a vida adulta. Deixar Pax para trás rouba um pouco da sua inocência. E a viagem de volta para ele vai deixar grandes lições.

the29chapters-bookreview-pax-SaraPennypacker

Clique aqui e Adquira na Amazon!

Pax por sua vez é muito humano, pois tem uma lealdade tocante. Também amadurece enquanto busca por Peter. Dessa forma,  vive sua própria aventura, irão mudando sua vida para sempre, enquanto nos ensina muito!

the29chapters-bookreview-pax-SaraPennypacker

Clique aqui e Adquira na Amazon!

Além de Peter e Pax, temos a raposa Arrepiada. Ela que sabe bem até onde pode chegar a maldade dos homens. Já o irmão dela, Miúdo, ainda tão pequeno e ingênuo em relação à vida. Por fim, temos também Vola, uma mulher que viveu o bastante para saber o quanto uma guerra pode tirar das pessoas.

Perspectiva de escritora

O livro alterna os capítulos entre Peter e Pax. Ao narrar os fatos através de Peter, a autora defende o menino com argumentos coerentes e tocantes. Ao narrar os capítulos através da raposa, nos mostra o lado puro e simples da natureza. Uma natureza que está pagando o preço por causa de uma guerra que não pediu para acontecer.

the29chapters-bookreview-pax-SaraPennypacker

Clique aqui e Adquira na Amazon!

Pax é uma raposa domesticada que precisa aprender a ser selvagem outra vez. Já Peter é uma criança que tem medo de carregar a selvageria dos humanos dentro de si. Logo, é por ser tão contraditório que é incrível. A discussão sobre dor e sofrimento de um lado, natureza e humanidade do outro, é a principal reflexão do livro.

the29chapters-bookreview-pax-SaraPennypacker

Clique aqui e Adquira na Amazon!

A descrição do comportamento das raposas revela que a autora fez bem seu dever de casa. Então, ela pesquisou o comportamento do animal e mesclou a fantasia com a realidade dando muita veracidade ao romance. Impossível o leitor não criar empatia quando o personagem é bem desenvolvido!

Vale a pena ler o livro Pax?

Pax é um romance tocante sobre amor, lealdade, responsabilidade e culpa. A jornada de Peter e Pax rumo ao amadurecimento é tocante. É um romance para todas as idades. Fala de sentimentos e relacionamentos reais demais para uma fantasia.

the29chapters-bookreview-pax-SaraPennypacker

Clique aqui e Adquira na Amazon!

Além disso, o livro consegue abordar temas atuais e atemporais. Discute relacionamentos familiares e natureza humana X natureza selvagem. Por fim, o livro deixa o grande questionamento no ar para nossa reflexão: Afinal, quem é o humano e quem é o selvagem?

E você já leu esse livro? O que achou da leitura? Comente!

Texto por Yane Faria (Instagram: @leituraqueebomeeugosto)

Anteriores

Inglês com Filmes: 7 Expressões com A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata

Próximo

Atypical: 3 Motivos para Ver

  1. Angela Costa

    Embora conheça o livro, ainda não tive o prazer de ler por simples falta de oportunidade.
    Mas lendo sua crítica fiquei pensando em como um livro com uma história tão comovente faz falta em uma biblioteca.
    Vou reparar isso, procurando o livro para comprar e devirá-lo quando estiver em mãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén