O romance de Sofia e Ian ultrapassa as barreiras do tempo no divertido livro de Carina Rissi.

Para quem ainda não conhece, Carina Rissi é uma autora nacional que ganhou fama após esse livro. Depois disso, escreveu sequências e criou novas histórias com protagonistas modernas e bem humoradas. Em Perdida. Um Amor Que Ultrapassa As Barreiras Do Tempo, Carina criou um história envolvente de amor por meio da viagem no tempo.

 

Trama

Sofia é uma mulher do séculos XXI que vive apenas para o trabalho e só tem uma amiga. O único romance que a interessa é dos livros de época, como os escritos por Jane Austen. Ao comprar um novo celular, ela viaja no tempo indo parar no século XIX e conhecendo Ian Clarke. Entre tentar entender o que está acontecendo e como voltar para o seu tempo, Sofia tentará resistir aos encantos de Ian.

Imagem relacionada

Personagens

Sofia é personificação de leitoras de romance de época. Ainda que seja uma romântica, não pensa em casamento ou compromisso sério. Afinal, nunca se apaixonou. Enquanto Ian é o lorde inglês que sempre lemos nos livros desse gênero. Lindo, inteligente, carinhoso, leal e apaixonado. O que uma garota poderia querer mais?

Mas Sofia é determinada e sua busca em retornar para seu tempo causa grandes confusões para Ian e sua família. A dinâmica do casal é ótima, passando por vários momentos. Desde a fase de completos estranhos, as brigas, as conversas como amigos até o desejo palpável.

Resultado de imagem para comedia romantica gif

Por mais que seja um romance no estilo de época, não se engane. Sofia é uma mulher moderna e não se importa em levar os conceitos da nossa sociedade para o século XIX. Isto ocasiona cenas hilárias entre ela e Ian. Felizmente, Ian é um homem de coração aberto e seu amor por Sofia é capaz de suportar qualquer opinião diferente.

Vale a pena?

Não é a toa que a história de amor de Sofia e Ian fez um enorme sucesso. Perdida. Um Amor Que Ultrapassa As Barreiras Do Tempo é um arraso, misturando com uma simetria perfeita os elementos de um romance moderno com de época. A dualidade existente no livro é representando pelo casal tão diferente. Mas que no final acabam sendo perfeitos um para o outro.

Resultado de imagem para comedia romantica gif

A minha crítica ao livro é que a autora teve que fazer muitas adaptações históricas para se encaixar no estilo livro de época que conhecemos. A forma de tratamento utilizado, o fato da casa passar anos intocável e etc, dificilmente se encaxaria na realidade brasileira. Contudo, não é algo que incomoda, visto que é preciso relevar algumas coisas, como a  própria autora justifica a falta de escravos na história, para focar no que importa: o amor de Sofia e Ian.

Portanto, não deixe de conhecer Carina Rissi, valorizando nossos autores nacionais, e se apaixonar pelo livro Perdida. Um Amor Que Ultrapassa As Barreiras Do Tempo.