Cada vez mais pessoas e empresas buscam no conceito de Storytelling uma forma de se diferenciar ao envolver e encantar as pessoas com histórias.

Já ouvi falar de Storytelling? É algo tão comum no nosso dia a dia que muitas vezes passa despercebido. O dom de contar histórias é algo inerente ao ser humano desde a época em que não tínhamos uma linguagem definida. Desse modo, nossos ancestrais utilizavam de desenhos nas paredes para deixar registrados os conhecimentos e fábulas. Agora, no mundo moderno, os homens continuam utilizando essa técnica por ser tão bem sucedida em provocar emoções e conectar as pessoas.

Resumo do Livro

Adilson Xavier explica de forma simples e clara o conceito de storytelling enquanto nos mostra como ela é utilizada em nossa sociedade. De histórias em quadrinhos até as conhecidas parábolas da bíblia, contar histórias é inerente ao ser humano e as organizações cada vez mais buscam utilizar essa técnica para criar espaço e memória em seu público-alvo.

Destaques do Livro

A melhor coisa do livro são os exemplos citados pelo autor. Os casos servem para explicar como o storytelling  cria uma identidade única. Por exemplo, a Coca-Cola não é uma empresa de refrigerantes, mas sim uma organização que promove a felicidade das pessoas. O empenho das grandes marcas em manter a sua mensagem principal para seu público-alvo é impressionante. O marketing se transforma em uma parte da grande estratégia do storytelling.

Principais Aprendizados do Livro

O autor deixa claro com seus exemplos de grandes empresas que o importante é ter uma história, uma mensagem principal. Claro que o produto/serviço é um diferencial, mas não pode se limitar apenas a isso. Em todos os casos apresentados no livro, as empresas líderes de mercado se destacam por seu storytelling. Mais do que satisfazer uma necessidade dos clientes, as grandes empresas criam afeição e lealdade ao transmitir o sentimento de identificação.