8 de Março. Dia Internacional da Mulher: Força, resistência e empoderamento feminino no cinema.

No Dia Internacional da Mulher. Inspire-se com as fortes histórias de superação e conquistas das personagens mais incríveis!


Hollywood vem passando por uma série de mudanças. E nunca se falou tanto em representatividade, respeito e igualdade na indústria do audiovisual. Durante muito tempo, personagens femininas foram estereotipadas e retratadas como mulheres doces e frágeis.

Ainda existe muito a ser feito para igualar os gêneros no cinema. Condições básicas de trabalho como: oportunidades iguais em todas as áreas, equiparação salarial e um maior rigor contra os casos de assédio. Essas mudanças também reverberam nas produções que, apostam cada vez mais, em contar histórias de personagens femininas mais complexas.


Inteligentes, fortes, corajosas e “fora do padrão”. Mulheres que representam a nova geração e inspiram garotas ao redor do mundo. Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, acompanhe a seguir alguns excelentes filmes com protagonistas femininas incríveis!

Ripley (Alien – O 8º Passageiro)


Protagonista dos filmes de ficção científica/horror Alien. Interpretada por Sigourney Weaver, a personagem ficou conhecida por desafiar o estereótipo de gênero. Peça fundamental da trama, dotada de coragem e inteligência.

Sarah Connor (O Exterminador do Futuro)


Linda Hamilton interpreta Sarah Connor em “O Exterminador do Futuro” (1984) e “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final” (1991). Uma das primeiras personagens femininas com grande destaque em filme de ação.

Leia Organa (Star Wars)


Interpretada pela saudosa Carrie Fisher. É uma das principais personagens de Star Wars. A Princesa Leia tornou-se um dos maiores ícones da cultura pop. Seu personagem criado em 1979, é de extrema relevância para a trama até hoje.

Clarice Starling (O Silêncio dos Inocentes)


Jodie Foster vive uma agente do FBI que supera os preconceitos de gênero dentro do seu ambiente de trabalho e, afim de resolver um crime bárbaro, estabelece uma estranha relação com o psicopata Dr. Hannibel Lecter.

Beatrix Kiddo (Kill Bill)


Também conhecida como Mamba Negra. Interpretada por Uma Thurman, elabora um super plano de vingança contra seus ex-parceiros, que tentaram assassiná-la no dia do ensaio do seu casamento.

Thelma e Louise (Thelma & Louise)


Geena Davis (Thelma) e Susan Sarandon (Louise) são mulheres comuns de meia idade que, entediadas das próprias vidas, decidem fazem uma pequena viagem de carro pelo pais. As duas acabam matando um estuprador e fugindo da polícia. Um clássico sobre sororidade!

Dora (Central do Brasil)


Ex-professora, que ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas. Poderosa personagem que vive uma jornada de redenção. Fernanda Montenegro em uma atuação que arrebatou o mundo!

Frida Kahlo (Frida)


A  famosa biografia da pintora mexicana, conhecida por sua arte, mas também por sua irreverência aos padrões, sua participação na história e sua forte representação na construção do empoderamento feminino. Personagem real que Salma Hayek encarnou de forma brilhante.

Maggie Fitzgerald (Menina de Ouro)

Hilary Swank interpreta uma operária que sonha em ser lutadora, e pra isso ela enfrenta o preconceito de um treinador que não aceita treinar mulheres.

Aibileen (Histórias Cruzadas)

Viola Davis vive uma empregada doméstica negra que trabalha na criação dos filhos da elite branca, nos anos 60, no Mississipi. Tempos de grandes lutas pelos direitos civis. Uma vitima cotidiana do preconceito de seus patrões, que ainda assim, ama as crianças das quais cuida. Uma forte história de opressão e resistência.

Lisbeth Salander (Millennium – Os Homens Que Não Amavam as Mulheres)


Rooney Mara deu vida à essa complexa personagem que, depois de viver uma vida de abusos, se tornou uma hacker dona de uma incrível capacidade investigativa. Sua ira é o seu melhor combustível para a resolução um caso brutal de assassinato de mulheres.

Furiosa (Mad Max – Estrada da Fúria)


Charlize Theron
roubou o protagonismo de um dos melhores filme de ação dos últimos tempos. Personagem de extremo sucesso que se tornou um novo símbolo de força e luta para as mulheres.

Lorraine Broughton (Atômica)


Charlize Theron (novamente) vive uma agente disfarçada em plena guerra fria. Sexy, inteligente e boa de briga. Grande protagonista de um dos melhores filmes de ação do ano passado (2017).

Dra. Louise (A Chegada)


Amy Adams vive uma doutora em linguística. Seu dom é a peça chave para a comunicação com o desconhecido. Inteligência e coragem que inspiram qualquer um.

Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson (Estrelas Além do Tempo)


Inspiradora história real de mulheres afro-americanas especialistas em matemática que trabalharam na NASA. Passando por cima de todas as dificuldades, elas superaram o preconceito e mostraram seu valor. Taraji P. Henson, Octavia Spencer, e Janelle Monae.

Jyn Erso e Ray (Rogue One/Star Wars)


Felicity Jones e Daisy Ridley. As novas heroínas  da saga, rompem padrões e inspiram garotas ao redor do mundo. Menos princesas e mais guerreiras!

Diana (Mulher-Maravilha)


E o que falar de uma das maiores heroínas de todos os tempos? 2017 foi o ano dela! Gal Gadot triunfou ao lado de Patty Jenkins, que juntas, atingiram grande sucesso com a adaptação de Mulher-Maravilha para as telonas. Um Arrasa quarteirão!

O Exercito de Wakanda (Pantera Negra)


Liderado e formado por mulheres, a força responsável pela segurança do reino de Wakanda em Pantera Negra, é de extrema importância, não só para o roteiro do filme, mas também para a indústria cinematográfica.

Mildred Hayes (Três Anúncios Para Um Crime)


A incrível personagem de Frances McDormand enfrenta a polícia e a rejeição de uma cidade inteira na busca por justiça. Uma fortaleza de mulher!

____________________________________________________

Esses foram apenas alguns exemplos de mulheres maravilhosas que representam a força feminina. Muita coisa já mudou, mas muita coisa ainda precisa ser mudada. E o Feminismo deve ser uma questão de todos que querem uma sociedade mais justa e igualitária.


Como homem que é filho, amigo, irmão e tio de mulheres compartilho do sentimento de empatia e luto pelos direitos que pertencem a cada mulher!
Essa foi minha singela homenagem! Um feliz dia (todos os dias) a todas!

Por, @diogolimma