#SextaFeira13: Uma Lista com o melhor do terror atual e seus subgêneros...

Sextou? – Sextou sim! Hoje é sexta-feira 13 e para não deixar passar a data em branco, preparamos uma lista com os recentes destaques do gênero que, vem ganhando cada vez mais fôlego e reconhecimento do público e da crítica.

Uma nova onda de filmes de terror, que se mesclam a outros gêneros como: suspense, drama, e até comédia, vêm levando multidões aos cinemas, renovando o gênero que há muito tempo parecia estar esquecido num limbo e não tinha representação relevante.

Vamos a lista!

1 – Corrente do Mal (It Follows, 2014)

Uma jovem que é perseguida por uma entidade sobrenatural que é transmitida através do sexo. Repleto de metáforas, planos perturbadores e diversas referências aos clássicos do cinema de horror das décadas de 70/80, está longe de parecer um simples filme de terror. Disponível na Netflix: Corrente do Mal (Netflix)

2 – A Bruxa (The Witch, 2015)

Um dos primeiros novos expoentes da renovação do gênero. Uma produção que subverte a expectativa do espectador, ao apostar em uma história densa e de camada profunda e não em clichês sobre bruxas e sustos. Polêmico, o filme fez barulho por onde passou.

3 – A Visita (The Visit, 2015)

Dois adolescentes chegam para passar uma temporada na casa dos avós. O que poderia dar errado? Tudo! A volta de M. Night Shyamalan a produzir coisas interessantes. Cenas bizarras que parodiam os clichês de filmes do gênero. Disponível na Netflix: A Visita (Netflix)

4 – O Demônio de Neon (The Neon Demon, 2016)

A doce Elle Fanning em um papel chocante. Uma história forte e intrigante sobre o mundo da moda, onde nada parece ser o que é. Surpreendente de todas as maneiras, “O Demônio de Neon” gerou teorias sobre o que ele, na verdade, representa. Só para os fortes!

5 – O Homem Nas Trevas (Don’t Breath, 2016)

Esse suspense que se mescla com ação e usa elementos de terror arrebatou o público por onde passou. Um roteiro simples, sobre jovens que decidem roubar a casa de senhor que parecia inofensivo… (mas não era!). De tirar o fôlego mesmo!

6 – O Convite (The Invitation, 2016)

Parecia só uma reunião de amigos do colegial, mas acaba que um jeito bem diferente. Essa trama progressiva e cheia de surpresas de “O Convite “, resulta num desfecho inimaginável. Disponível na Netflix: O Convite (Netflix)

7 – Ao Cair da Noite (It Comes at Night, 2017)

Quando estranho chegam para pedir sua ajuda, em um mundo tomado por um vírus que ninguém sabe o que causa. O que somos capazes de fazer para nos proteger, ou proteger a nossa família? Uma trama que vai se revelando lentamente e nos leva a um desfecho aterrorizante. Disponível na Netflix: Ao Cair da Noite (Netflix)

8 – Fragmentado (Split, 2017)

Um homem com 23 personalidades. Essa é ótima premissa de “Fragmentado”, M. Night Shyamalan voltando às suas origem, com esse poderoso suspense de baixo orçamento que, levou uma multidão aos cinemas. James Mcavoy arrebatador!

9 – Corra! (Get Out!, 2017)

Outro sucesso de público e crítica, “Corra!” gerou muita controvérsia ao abordar o racismo com uma mistura estranha de terror e comédia. O filme levou o Oscar 2018 de Melhor Roteiro Original.

10 – Mãe! (Mother!, 2017)

Darren Aronofsky em sua máxima loucura e ambição. “Mãe!” provocou uma enxurrada de debates e gerou muita polêmica por onde passou. Uma criativa alegoria, com subtextos atuais e camadas a serem discutidas eternamente. Com cenas chocantes, o filme não foi tão bem recebido por grande parte do público e da crítica. (Uma obra-prima a ser reconhecida no futuro!)

11 – IT: A Coisa (IT, 2017)

A volta do palhaço Pennywise aos cinemas, se tornou a maior bilheteria de um filme de terror da história, batendo o clássico “O Exorcista”. Com um elenco de crianças cheio de talento e carisma, o filme é uma das melhores adaptações de Stephen King!

12 – Verónica (Veronica, 2017)

Filme espanhol, um terror de raiz do mesmo diretor de “[REC]”. Criativo, bem filmado e com uma história aterrorizante. Sabe usar bem todos os clichês do gênero! Adolescentes brincando com jogos de tabuleiros macabros. [Só para os fortes!] Disponível na Netflix: Verónica (Netflix)

13 – Um Lugar Silencioso (A Quiet Place, 2018)

Um novíssimo e ótimo representante do que se tem feito de melhor no gênero! “Um Lugar Silencioso” vem alavancando elogios para o diretor John Krasinski e sua esposa, a maravilhosa Emily Blunt! Uma experiência que precisa ser vivida no cinema! Você pode conferir mais sobre o filme aqui: Movie Review: Um Lugar Silencioso


___________________________________________________

Pronto! Agora é só preparar o clima. Ambiente silencioso e escuro, pra fazer essa sexta-feira 13 valer! Não tem erro! É só aproveitar qualquer uma das dicas! Bons filmes e ótimos sonhos!

Por, @diogolimma