Imagem relacionadaMais uma adaptação de jogos para as telonas. Com Assassin's Creed viajamos para a era da inquisição e o mundo secreto dos assassinos que são contra os templários.

E que viagem! Adoro quando uma história mistura realidade e ficção. Nessa história inspirada pelo famoso jogo de videogame, acompanhamos a guerra secular entre o Credo e os templários. O filme comete alguns deslizes para contar sua história, mas não deixa de ser uma boa opção para você que gosta de aventura.

A Trama

Cal Lynch está condenado a pena de morte, mas é salvo por uma instituição secreta de pesquisa que quer o passado de seus ancestrais. Sem escolha, ele participa do experimento vivenciando as memórias do assassino Aguilar, seu antecessor.

Misturando ficção cientifica com história, Assassin’s Creed faz uma transição entre o passado e o futuro para apresentar a guerra religiosa que se arrasta pelos séculos em busca da maça do Éden. A lenda diz que a maça contém a forma para erradicar o livre arbítrio e assim a humanidade não entraria mais em conflito.

O Roteiro

O roteiro tenta e muitas vezes empolga, principalmente por suas agitadas e bem construídas cenas de ação. Contudo, perde ritmo e não consegue desenvolver bem seus personagens. Talvez o protagonista seja o mais bem construído e que você consegue entender as motivações e desejos.

Os outros personagens seguem uma linha muito padrão e superficial na história. A decepção sem dúvida é a personagem da Marion Cotillard (Não pela atriz), Dra. Sophia Rikkin. Enquanto o pai da personagem assume uma posição clara de suas intenções, ainda quando tenta passar uma mensagem positiva, o mesmo não acontece com a filha.

Dra Rikkin é dúbia de tal forma que talvez nem ela mesma se entenda. E isto não a torna interessante, mas sim confusa e nos deixa com aquele sentimento de faltou algo. Sinceramente, o final dela foi algo que até agora estou sem entender. Se tiver algum fã do game ou dos livros, quero explicações para as reações contraditórias dela, por favor!

Parte Técnica

Essa é o grande triunfo do filme. Ainda que com um orçamento limitado, consegue nos levas para o passado na Espanha e nos mostrar a vida daquela época. Todo o figurino dos assassinos é destaque e caracterizam bastante o que é a sociedade secreta. O Salto de Fé e as perseguições nas alturas te transportam para um outro mundo.

Por fim, Assassin’s Creed talvez tenha prometido mais do que entregou. Ainda assim é um filme que fica marcado na história por sua adaptação bem estruturado e que não é necessário ser um fã dos jogos para aproveitar o enredo. Esperando que em caso de continuação, os erros deste primeiro se tornem aprendizados.