Movie Review: Blade Runner 2049 (2017)

Resultado de imagem para blade runner 2049 bannerDemorou, mas os fãs finalmente receberam a merecida continuação do clássico cinematográfico de ficção científica.

Devo admitir que não vi o primeiro filme e aproveitei os vídeos de spoilers no Youtube para entender a trama. E, mesmo assim, consegui desfrutar bastante dessa continuação que é uma expansão do universo criado na década de 80. Blade Runner 2049 resgata os conceitos que fizeram o primeiro filme um sucesso, enquanto conquista uma nova geração.

A Trama

Em 2049, K é um Blade Runner, ou seja, um caçador de replicantes defeituosos. Quando está em uma de suas missões, ele descobre algo que pode mudar o mundo dos replicantes e busca respostas que estão no passado.

Resultado de imagem para blade runner 2049 gif

O Roteiro

Eu já esperava uma história boa, pois Denis Villeneuve só entrega filmes com tramas interessantes. A opção do roteiro por um ritmo lento que explora as nuances de cada personagem é acertada, ainda que foque mais em uns do que em outros. E o quebra-cabeça do filme é criado de tal forma que mesmo não sendo um filme de ação alucinante, desperta a curiosidade do telespectador.

Resultado de imagem para blade runner 2049 gif

O filme é do Ryan Gosling, ainda que o retorno de Harrison Ford seja crucial para a história. O jovem ator mostra aqui que é mais do que um rostinho bonito e consegue passar toda a complexidade de seu personagem, mesmo que não possa utilizar de uma variedade de expressões. Outro grande ponto do filme é Ana de Armas como Joi. Agora quero ver outros trabalho da atriz, pois ela arrasa aqui!

Parte Técnica

Denis Villeneuve mais uma vez mostra como seu estilo é único e extremamente interessante. Da trilha sonora que faz você mergulhar nesse mundo distópico até o design e fotografia. Tudo se encaixa de tal maneira que é impossível não sair extasiado do cinema.

Resultado de imagem para blade runner 2049 gif

Por fim, Blade Runner 2049 é para todos os amantes de uma boa história sobre humanidade. Mesmo sem assistir o primeiro filme, você consegue entender a trama passada, pois o roteiro não esquece sua origem. Com atuações dignas de Oscar e uma trama envolvente, a continuação prova seu valor dentro da nova leva de boas ficções científicas.

Anteriores

17 Weeks: Semana 11

Próximo

17 Weeks: Episódio 9 – Carnaval de Notting Hill (Londres)

  1. Luciana Costa

    Denis Villeneuve como sempre nos deixa um trabalho de excelente qualidade, sem dúvida é um dos melhores diretores que existem em Hollywood, a maneira em que consegue transmitir tantas emoções com um filme ao espectador é maravilhoso. Também adorei o trabalho do Hans Zimmer y Benjamin Wallfisch em trilha sonora Blande Runner. Adorei a seleção que fez, por que conseguiu acompanhar a perfeição cada situação do filme,realmente vale a pena todo o trabalho que a produção fez, cada detalhe faz que seja um grande filme. A fotografia é impecável, ao igual que a edição. Sem dúvida voltaria a ver este filme!

    • Oi, Luciana!

      Obrigada pelo comentário =)

      Eu tb amei este filme e concordo que Denis é um dos melhores diretores da atualidade. Especialmente depois do incrível “A Chegada”!

      Agora é continuar acompanhando os outros projetos deles, pois acho que não teremos uma continuação de Blade Runner por questões de bilheteria e tal…

      Nicole Chaves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén