chavesnicole_movie_review_viva_a_vida_e_uma_festa
O novo filme da Pixar fala sobre a morte com muita cor e música!

Eu sou apaixonada pela animações da Pixar. Não importa sobre o que seja, sempre vou com altas expectativas. Com este filme não foi diferente. Felizmente, Viva – A Vida é uma Festa é tudo aquilo que se espera de uma animação da Pixar e algumas lágrimas a mais!

A Trama

Miguel é um garoto apaixonado por música. Porém, sua família tem um passado trágico em que seu tataravô abandonou a esposa e a filha para conseguir sucesso nos palcos. Com isto, música é proibido na família Riviera, que dedica sua vida a fazer sapatos.

chavesnicole-movie-review-viva-a-vida-e-uma-festa-miguel-foto

No dia dos mortos, Miguel acaba indo sem querer para o mundo dos mortos. Ele reencontra seus ancestrais que continuam com a tradição de sem música na família. Então, Miguel precisa correr contra o tempo para conseguir a benção da família e retornar ao mundos dos vivos e continuar!

O Roteiro

O roteiro da Pixar sempre segue a estrutura do “retorno para casa”. Contudo, o estúdio consegue fazer de forma tão eficaz que não fica cansativo rever ano após ano. Depois de assistir Divertidamente, fui ler um livro para entender um pouco mais sobre o que diferencia a Pixar dos outros estúdios.

Descobri que a emoção e a sensibilidade de falar de temas sérios é o seu grande trunfo. E aqui, a Pixar repete o sucesso. Nos envolvendo com personagens carismáticos e um problema que nos remete a infância. Quem nunca desejou fazer algo que a família certamente reprovaria? Ainda mais quando se trata de seguir uma carreira artística.

chavesnicole-movie-review-viva-a-vida-e-uma-festa-miguel-beijando-vovo

Além disso, o roteiro acerta em cheio ao caracterizar o estilo de família latino americana. O México, assim como nós, tem em sua cultura uma forte tradição familiar. E outro ponto positivo é usar a popular festa dos mortos para mostrar um pouco mais das crenças mexicanas em relação a morte.

Apesar dos muitos pontos positivos, o roteiro tem falhas. Um plot twist previsível e algumas coisas que não se encaixam na lógica (Como um morto tem uma foto de si mesmo?). Porém, essa falhas não diminuem a emoção e o ápice do filme. Impossível não chorar!

Parte Técnica

Esta é sem dúvida a melhor parte do filme! É impressionante o design e a quantidade de cores para o mundo dos mortos. Quem poderia imaginar um mundo tão animado após a morte? Toda a mitologia criada pelo filme é bem demonstrada em cada detalhe do desenho.

chavesnicole-movie-review-viva-a-vida-e-uma-festa-miguel-no-mundo-dos-mortos

Por fim, a animação acerta em introduzir o espanhol em sua trilha sonora. Estava mais do que na hora de se valorizar a grande influência do idioma no mundo. Com a canção “Lembre-se de Mim”, Viva – A Vida é uma Festa se torna um forte concorrente ao Oscar na categoria de “Melhor Canção Original”.

chavesnicole-movie-review-viva-a-vida-e-uma-festa-miguel-tocando

Desta forma, a nova animação da Pixar acerta novamente em cheio nos nossos corações. Um filme para todas as idades que discute a importância da família e de não ser esquecido. Afinal, a morte é algo natural. Contudo, devemos manter aqueles que amamos sempre em nossas mentes e corações!

E você? O que achou de Viva? Gosta das animações da Pixar? Comente!